domingo, 29 de abril de 2012

CAPITÃO DO EXÉRCITO PASSA COM CARRO POR CIMA DE PM

Um capitão do Exército foi preso na madrugada deste domingo depois de atropelar um policial militar que atuava em uma blitz da operação Lei Seca. Além de atropelar o policial, numa tentativa de fuga, o militar estava com a carteira de habilitação vencida e sem a documentação obrigatória do veículo.

Segundo informações do governo do Estado o capitão do Exército Edmar Tadeu de Souza Pereira foi abordado por agentes da operação mas, em vez de parar o carro, acelerou e acabou atropelando o policial militar. Houve perseguição e o militar foi detido pelos policiais que realizavam a operação e levado para 21ª DP (Bonsucesso), central de flagrante.

O carro que o capitão do Exército dirigia foi levado para o depósito público. O policial atropelado passa bem e fará exame de corpo delito nas próximas 72 horas.

Segundo informações do governo o militar foi punido por quatro infrações, perdeu 24 pontos na carteira e terá que pagar R$ 1.393,98 em multas. As infrações são: se recusar a fazer o teste do etilômetro, o que acarreta em perda de sete pontos na carteira e multa de R$957,70; transpor o bloqueio. o que é uma infração gravíssima e também lhe custou sete pontos na carteira e multa de R$ 191,54; estar com a carteira de motorista vencida, outra infração gravíssima, com perda de sete pontos na carteira e multa de R$ 191,54; e não estar com a documentação obrigatória do veículo, o que leva à perda de 3 pontos na carteira e multa de R$53,20.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/capitao-do-exercito-preso-depois-de-atropelar-pm-na-operacao-lei-seca-4768146.html#ixzz1tRUAZXhz

Nenhum comentário:

Postar um comentário