terça-feira, 26 de maio de 2015

Policial militar diz que está esquecido pelo Estado após ser baleado

Um ano após ser baleado e perder a voz em uma tentativa de assalto em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, o sargento da polícia Alexandre disse que foi esquecido pelas autoridades. Além das sequelas na fala, o PM ainda acompanha o responsável pelo crime estar em liberdade e afrontando a polícia pela internet. Thales Pianna, de 20 anos, exibe motos roubadas e posta mensagens de provocação aos policiais. O sargento Alexandre trabalhava há 13 anos na Polícia Militar e afirma que foi esquecido pelo Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário