sábado, 1 de agosto de 2015

Corpo de bombeiro atrasa diárias dos militares

Bombeiros inscritos no Programa de Reforço Operacional nos Grupamentos, que prestaram serviços no Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ) durante dias de folga, em abril, ainda não receberam o pagamento pelo trabalho. O grupo atuou em brigadas de incêndio e em depósitos de veículos do departamento. Em São Gonçalo, por exemplo, 16 bombeiros estão a ver navios há três meses.


“O depósito foi desativado, mas não imaginávamos que não receberíamos os valores pelos últimos dias de trabalho. Não recebemos as diárias, nem qualquer explicação ou previsão de pagamento”, disse um dos militares que atuava no local e que pediu para não ser identificado.

O problema atinge ainda militares lotados em outros postos. Estes, no entanto, não receberam as diárias referentes a maio, que deveriam ter sido creditadas no pagamento de junho. Procurado, o Corpo de Bombeiros admitiu, em nota, que houve um atraso na descentralização do crédito referente ao pagamento de maio. E que o “pagamento a todos os bombeiros que atuam no Detran tem previsão de liberação para a próxima semana”. Ou seja, os bombeiros prestaram serviço em maio, mas só receberão em agosto — um atraso de dois meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário