quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Deputado Waguinho acusa PM de difamação por comentário sobre Eduardo Cunha no Facebook



O deputado estadual Waguinho (PMDB) entrou com uma queixa-crime no 1º Juizado Especial Criminal de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, acusando o cabo Cristiano Santos da Costa de difamação. De acordo com informações do Boletim Disciplinar Reservado da PM desta terça-feira, o policial teria feito postagem no Facebook com a imagem do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), e de Waguinho, insinuando ligações de ambos com a Operação Lava Jato.

No dia 25 de junho, durante audiência preliminar do caso, o PM aceitou fazer uma transação penal (acordo para evitar que se inicie um processo) e comprometeu-se a pagar uma cesta básica de R$ 300 para um estabelecimento que ainda não havia sido definido.

Já a PM abriu uma investigação sumária para apurar a conduta do policial, mas concluiu que não houve “infração penal militar” e o caso foi arquivado.

Em banner de seu blog, Waguinho aparece ao lado de Eduardo Cunha. Em março deste ano, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou projeto que concedeu Medalha Tiradentes para o presidente da Câmara dos Deputados. O projeto de autoria de Waguinho e dos deputados Domingos Brazão e Fábio Silva, foi apoiado pela maioria dos parlamentares em plenário. Na última quinta-feira, Eduardo Cunha foi denunciado pelo procurador -geral da República, Rodrigo Janot, por suposto envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato.

2 comentários:

  1. Não existem mais limites! Há uma INVERSÃO DE VALORES, onde os errados se acham certos e os corretos sentem-se como se estivessem equivocados.

    ResponderExcluir
  2. CHUTAR CACHORRO MORTO É MOLE, TODOS FALAM O QUE QUEREM, SÓ O PM É QUE NÃO PODE SE EXPRESSAR QUE VEM UM MONTE DE HIPÓCRITAS DIZER QUE NÃO PODE.
    MAS QUANDO ESCULACHAM COM OS PMS E COLOCAM TODOS NO MESMO SACO, NINGUEM SE MANIFESTA.

    ResponderExcluir