quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Beltrame leva a Brasília proposta de pena maior para porte de fuzil


O secretário de Segurança do Estado, José Mariano Beltrame, esteve ontem em Brasília para entregar à bancada do Rio de Janeiro na Câmara dos Deputados uma série de propostas para combater o crime organizado. 
As principais sugestões são o agravamento da punição para portadores de armas de guerra e a manutenção por mais tempo nas cadeias de criminosos de alta periculosidade. 
A idéia é dobrar para 12 anos a pena máxima para quem for pego com armamento de guerra. Beltrame decidiu levar a proposta ao Congresso depois que a Polícia Militar apreendeu um fuzil .50, arma de guerra com alto poder de destruição, no mês passado. 
"Tem que cobrar a polícia, mas temos que ver urgentemente no país, não só no Rio, a questão da violência urbana. Ela está desenfreada, sem limite no país inteiro", disse o secretário Beltrame.

Nenhum comentário:

Postar um comentário