domingo, 20 de setembro de 2015

PM do Rio acumula dívida com funerária


A Polícia Militar do Rio deixou de pagar pelos serviços da Funerária Kaf Rio, contratada pela corporação para cuidar dos enterros dos militares mortos em atos de serviço, e acumula uma dívida com a empresa. De acordo com informações da companhia, os pagamentos foram interrompidos em agosto do ano passado, e o débito já chega a R$ 400 mil.
O contrato, que teve início em janeiro de 2014, terminou no fim do ano e não foi renovado. Ainda assim, a funerária continuava prestando serviços para a polícia, com a promessa de que as dívidas seriam quitadas
Segundo informações da corporação, a licitação para contratação de uma nova funerária ainda está em andamento e só deve ser concluída em dois meses. Até lá, cada unidade será responsável pelo gasto com os funerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário