quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Parentes dos PMs presos reclamam das condições da penitenciária de Niterói


Ontem, cerca de 50 mulheres se reuniram em frente à penitenciária, no Fonseca, para recolher garrafas d'água e outros mantimentos para serem entregues aos policiais. Segundo elas, se não fosse a ajuda do 12º BPM (Niterói) muitos estariam doentes. — O coronel Salema (comandante do batalhão) está enviando comida para eles. É triste saber que alguns policiais estão comendo no chão do pátio, porque não tem nem uma mesa para eles se alimentarem. No sábado, um policial passou muito mal lá dentro e precisou ser levado para o hospital. Muito se fala sobre direitos humanos e é isso que desejamos para os nossos filhos — disse a mãe de um soldado que aguarda julgamento.

LEIA: Justiça do Rio diz que presídio onde estão PMs do BEP não tem irregularidades

Um comentário:

  1. Aí que os policiais que não estão preso, tem que ter cautela,e jamais se envolver em ocorrências de folga e fazer apenas que for sua obrigação e não ficar comprando barulho dessa sociedade hipócrita,está de folga,vagabundo está assaltando,traficando matando, senão ´mexeu com sua família , fod....

    ResponderExcluir