quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Servidores disseram 'não' ao projeto de lei do governador Pezão

As medidas do governo  para sanar o rombo nas contas públicas incluem, na Previdência, a elevação da contribuição dos servidores estaduais, de 11 para 14%, e cotização do Rio Previdência, para cobrir déficit. O estado tem hoje 221.270 servidores ativos e 222.199 inativos e pensionistas. 
Treze representações sindicais estavam presentes, dentre elas o SinPOL, o SinDETRAN, o SinDEGASE, o SindJUSTIÇA , ABMERJ, APMERJ, APGE, AMPERJ, SEPE, SINTUPERJ e o SINDPEFAETEC.


Um comentário:

  1. ALÔ,[POLICIAIS MILITARES]PRESTEM A ATENÇÃO,MAIS MUITA ATENÇÃO,TODOS OS
    INATIVOS DA PMERJ,ESTÃO SENDO CHAMADOS DE APOSENTADOS POR ORGÃOS DO GOVERNO,SEGUNDO EU SEI SOU POLICIAL MILITAR COM RG E DIARIO OFICIAL,QUE
    ME REFORMA,E AGORA EU LIGO,RIOPREV E A ATENDENTE ME CHAMA DE APOSENTADO,E EU FALEI NÃO SOU FUNCIONARIO CIVIL,SOU MILITAR,E ESTOU
    REFORMADO,ALGO ESTA ESTRANHO,QUEM ENTENDER ME FALE.OBRIGADO.

    ResponderExcluir