domingo, 19 de junho de 2016

Rio de Janeiro 'quebra' e decreta 'calamidade pública' enquanto R$ 38 bilhões bancam olimpíadas

FOLHADOCENTROSUL

Outra herança de Dilma, Paes, Pezão, Cabral, Lula e demais mafiosos do RJ
O governo do RJ disse que o Estado Carioca está falido, quebrado e por isso foi decretado 'calamidade pública'.



Nada mais funciona, nem forças de segurança, nem hospitais, nem nada. Servidores estão sem receber a meses e a coisa chegou ao limite.
Mas, as olimpíadas já consumiram mais de R$ 38 bilhões de reais enriquecendo Piccianis, um deles, Ministro do Governo Temer, Pezão, Sérgio Cabral, parceiro de Dilma e Lula nas mutretas sem fim.



E agora? Como fica o Estado e a Cidade das Olimpíadas?



Temer foi comunicado na véspera sobre decreto de calamidade no Rio

Eduardo Paes e Francisco Dornelles foram a Brasília nesta quinta (16).
Michel Temer pretende discutir crise no Rio com Henrique Meirelles.


Nesta sexta-feira (17), Dornelles publicou no "Diário Oficial" o decreto de calamidade pública. O governador atribuiu a medida à "grave crise financeira" que, segundo ele, impede o cumprimento das obrigações assumidas em decorrência da realização da Olimpíada e da Paraolimpíada. De acordo com o texto, o governo teme um "total colapso na segurança pública, na saúde, na educação, na mobilidade e na gestão ambiental". (PORTAL G1 )

O QUE DEVE ACONTECER AGORA?
Todos os Estados farão a mesma coisa já já. Aguardem.


REVEJA, A MACABRA ROUBALHEIRA DAS OLIMPÍADAS.


 .

Nenhum comentário:

Postar um comentário