sexta-feira, 24 de junho de 2016

Sem dinheiro para passagem, bombeiros vão a pé para quartel no Rio


Um grupo de cerca de 20 bombeiros precisou andar das 6h às 8h para chegar ao Quartel de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Os militares não têm dinheiro para a passagem de ônibus e precisaram ir para o trabalho a pé, já que a segunda parcela do salário de maio ainda não foi paga pelo Governo do Estado do Rio. Os bombeiros se deslocaram da Estrada do Catonho até o quartel, que fica no Tanque.

O auxílio transporte da categoria tem valor de R$ 100 e é disponibilizado com o pagamento mensalmente, como explica o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro, Mesac Eflain:

— Geralmente, esse valor já não dá para a passagem do mês inteiro. Com o salário parcelado, então, os bombeiros ficaram sem esse dinheiro. Não é um protesto, mas uma questão de necessidade. Eles estão com contas atrasadas, sem dinheiro para nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário